Protótipos@impact (8).jpg
Protótipos@impact (3).jpg
Protótipos@impact (6).jpg

EM CONCRETO

Na Ribeira da Barca, ao longo dos últimos anos, surgiram diversas iniciativas com o intuito de criar novas alternativas para as mulheres da apanha da areia. No entanto, apesar dos esforços, estas acabaram por não se mostrar consequentes. Neste sentido, temos como foco a continuidade do projecto para lá da nossa estadia, e para lá da Porto Design Biennale.

Em concreto, propomos que a nossa permanência resulte num elemento concebido com a comunidade de mulheres da Ribeira da Barca, com as quais é desenvolvido o design de uma lajeta de pavimento com base na identidade cabo-verdiana do panu di terra, um elemento central no passado e actualidade da ilha de Santiago. Numa fase de prototipagem, são experimentados diferentes traços da argamassa, variantes e quantidades de inertes e plásticos, bem como as pigmentações possíveis que se podem executar com recurso à oferta existente no comércio local.

Ao longo da nossa estadia, temos como objectivo desenvolver um elemento com um valor comercial associado que possa ser produzido por estas mulheres e que, a longo prazo, possa vir a ser por elas gerido. Pretende-se dar perspectiva de vida a essas mulheres, fornecendo-lhes um objecto cuja produção e distribuição poderão controlar. O projecto abre perspetiva sobre as possibilidades de um calcetamento com base na identidade Santiaguense, que poderá vir a servir para revestir os pavimentos da ilha de uma forma mais sustentada, reduzindo inertes e aproveitando plástico, e produzida na Ribeira da Barca, salvaguardando dignidade de trabalho e de vida das suas mulheres da apanha de areia.

Protótipos@impact (15).jpg
Protótipos@impact (14).jpg
Protótipos@impact (4).jpg